Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

19/07/2016

Vivemos num estado policial? (9) – Conselhos de caça ao gambuzino Pokémon

«A Polícia de Segurança Pública publicou um manual no Facebook para ajudar os jogadores de Pokémon GO a caçar Pokémons em segurança.». Entre os 7 magníficos conselhos, o meu preferido é «não cace sozinho, cace em grupo ou aos pares». É um inesperado e tranquilizante incentivo policial à socialização dos cidadãos.

Finalmente ficam plenamente justificados os 444,1 chuis (inclui PSP e GNR) por 100.000 habitantes, o que nos torna o terceiro estado mais policiado da Europa, apenas ultrapassado por Malta e pela Irlanda do Norte.

Ficam igualmente justificados os 2.100 sindicalistas de 13-sindicatos-13 diferentes que faltam 23 mil dias por ano por actividades sindicais, bem como os 600 desses sindicalistas que são dirigentes com 4 dias de folga por mês e os restantes 1.500 delegados sindicais com 12 horas de folga por mês.

Outros casos de polícia: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7) e (8).

Sem comentários: