Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

17/07/2016

ACREDITE SE QUISER: O presidente dos afectos está mutação para presidente dos protestos

Depois de condecorar jogadores e técnicos da selecção de futebol, perante o protesto de uma medalhada no campeonato europeu de atletismo, o presidente dos afectos correu a entregar mais cinco comendas aos atletas.

Perante o protesto dos militares por Marcelo ter ido a correr medalhar o pessoal do futebol em vez de ajudar a apagar o incêndio do C130 no Montijo, o presidente dos afectos prometeu ir amanhã voar num dos poucos C130 que ainda voa «para dar uma palavra de confiança ... naquele tipo de aeronave».

Novas eleições?
Se as suas correrias para entregar medalhas (ainda) me espantam, quanto ao voo no C130 divido-me entre louvar a sua coragem ou lamentar a sua insensatez e apenas registo o ameaça de nos obrigar a novas eleições contra a oportunidade de corrigir o resultado.

Sem comentários: