Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

14/07/2016

BREIQUINGUE NIUZ: O diplomata pouco diplomático


A nova primeira-ministra Theresa May nomeou como chanceler (ministro das Finanças) o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros Philip Hammond. Como ministro dos Negócios Estrangeiros foi nomeado Boris Johnson, um sujeito notoriamente pouco diplomático, adepto do Brexit - talvez apenas para apear Cameron e tentar, sem sucesso, suceder-lhe. David Davis, um eurocéptico de sempre, será responsável pelo «Brexit department».

Pode ser a melhor equipa para negociar com Bruxelas uma «saída limpa», mas de todo não parece adequada para negociar uma permanência suja, a única que ainda resta.

Sem comentários: