Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

15/09/2015

Bons exemplos (105) – FT Masters in Management 2015

Os mestrados em Gestão da Nova e da Católica aparecem de novo este ano no ranking do Financial Times, o primeiro a subir de 48.º para 31.º e o segundo a descer de 49.º para 55.º. Nada mal para um pequeno país de 10 milhões que tem mais mestrados no ranking do que Áustria, Austrália, Canada, Hungria, Irlanda, Suécia, República Checa e Rússia e o mesmo da Dinamarca, Finlândia, Noruega, Polónia e Suíça.

Financial Times

1 comentário:

Antonio Cristovao disse...

E sabemos, quanto nos custa tão alarve quantidade de mestrados, porque 80% deles estão asilados, perdão com emprego no... estado.