Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

27/11/2014

Pro memoria (208) - O lóbi do regime do Estado clientelar reorganiza-se e contra-ataca (1)

«Mário Soares fez ontem tábua rasa do pedido do líder do PS aos militantes e disse à saída da prisão de Évora que José Sócrates está a ser vítima "de uma campanha" e de um "caso político"

«Não tenho dúvidas que este caso tem também contornos políticos", lê-se numa carta ontem enviada pelo advogado de José Sócrates, João Araújo, à TSF

«Daniel Proença de Carvalho acusou ontem (na TSF) Carlos Alexandre de ser o "super juiz dos tablóides" e lembrou que o magistrado, que agora em mãos o processo de Sócrates, "já podia ter sido promovido à Relação. Mas não, ele gosta é de estar naquele tribunal. E realmente compreende-se, o poder é tão grande"

(Fonte: Económico)

Continua dentro de momentos

2 comentários:

Anónimo disse...

Este advogado é o último grande bastião do antigo regime clientelar, que vai cainda peça por peça.

Este advogado de Salgado e Sócrates é o presidente do grupo detentor do DN, JN, TSF.

Utiliza os seus jornais para manipular de forma descarada e vergonhosa a opinião pública, criando uma pressão a favor dos seus clientes.

Um asco.

jsp disse...

Peço desculpa pela grosseria, mas em relação a estes dois canalhas só um comentário é possível : PQP