Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

12/01/2012

CASE STUDY: a Madeira como região de culto (8)

[Sequela de (1), (2), (3), (4), (5), (6) e (7)]



A marina do Lugar de Baixo, mandada construir há 8 anos pelo Bokassa das Ilhas custou 44 milhões de euros pagos pelos cubanos do contenente. Como habitualmente, parte desses milhões foi proveniente da Dona Merkel. Foi projectada para albergar 291 das melhores embarcações de todo o mundo. Está completamente vazia.

«Provavelmente o maior elefante branco da ilha»

Seguindo os ensinamentos do efeito Lockheed Tristar, o Bokassa pretende torrar mais 20 milhões na reconversão da marina. Muito apropriadamente, a Bloomberg intitula o artigo onde descreve o desastre Madeira’s Missing Yachts Turn Into Lesson on Europe Debt Crisis. (via Insurgente)

Sem comentários: