Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

16/01/2012

ARTIGO DEFUNTO: As dificuldades do jornalista com a regra de três simples

Sob o título «Passos Coelho já nomeou mais pessoas do que o primeiro Governo de Sócrates», o Público escreveu, «em quase sete meses, o actual Governo nomeou mais três pessoas do que o primeiro executivo de José Sócrates (com 54 membros) em dois meses e meio, mas menos 264 do que o segundo (com 55) em três meses e meio.»

Com o mesmo racional, o Público poderia ter também escrito:
  • Em quase sete meses o actual governo já fez mais despesa do que o primeiro executivo (e o segundo) de José Sócrates em dois meses e meio;
  • Em 15 jornadas o Sporting tem mais pontos do que o Porto em 5 jornadas da época passada.
[Segundo informação do governo, esta manhã, foram feitas 1.682 nomeações, das quais 962 ou 57% são reconduções.]

Sem comentários: