Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

23/12/2011

ARTIGO DEFUNTO: Disparos

«Cotações do BES e Millennium dispararam em bolsa», titula o Público. Pelo menos no caso do Millennium que já viu as suas acções a 5 euros in illo tempore, a metáfora parece um pouco exagerada. O «disparo» foi uma dúzia de cêntimos e continuam a ser precisas duas acções para pagar uma rodela de lehman lemon. Para um disparo ser audível vão ser precisos charters de yuans.

Sem comentários: