Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

04/04/2017

ACREDITE SE QUISER: «Portugueses confiam mais no Governo que a média da Europa»

Pelo menos é o que diz o jornal Eco, citando o Público (o Jornal Oficial, como lhe chama Pedro Arroja), que por sua vez cita um estudo de «acesso condicionado», estudo que também se espera seja publicado por um outro Jornal Oficial, talvez o semanário Expresso.

É difícil de acreditar? Menos difícil do que a sondagem a Centeno para a presidência do Eurogrupo. Sobretudo se tentarmos encontrar explicações para o facto de um país tão disposto a confiar neste governo andar a marcar passo há várias décadas e a ser ultrapassado por países que, se calhar, não confiam tanto nos seus governos como Irlanda, Malta, República Checa, Eslovénia, Chipre, Eslováquia, a que se seguirão em breve outras vítimas do colapso do comunismo como Lituânia, Estónia, Polónia e Hungria.

2 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Não, não é difícil de acreditar. Pelo contrário, faz todo o sentido!

Unknown disse...

O reino da estupidez, já lá escrevia o outro...