Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

01/04/2017

ACREDITE SE QUISER: Nem Jesus agrada a toda a gente

Às luminárias indignadas com o nome do aeroporto do Funchal, recordo que o proprietário do nome é o profissional português com maior sucesso e, justamente por isso, com maior notoriedade desde pelo menos Dona Maria II. Nos confins da Ásia, contaram-me há tempos, na tasca onde almoçavam uns tugas ninguém conhecia Portugal, até que alguém se lembrou de Cristiano Ronaldo: ah! é a terra dele?

Até uma revista pretensiosa como a Ozi escreveu a esse respeito:
Ronaldo’s Unlikely Statue Sets Internet Ablaze
Well, this is a bust. Cristiano Ronaldo has one of the most recognizable, bankable faces in the world — except, it seems, to the artist tasked with sculpting it in bronze. The soccer superstar was honored Wednesday outside the newly renamed Cristiano Ronaldo Airport in Portugal. Yet stealing the show was his twisted, goofy bust, which immediately sent the internet into a frenzy, quickly becoming one of the most shared images of the week. Not to be outdone, sculptor Emmanuel Santos responded to the mockery with, “Nor did Jesus please everyone.”
Portanto, ó luminárias indignadas ide catar-vos que é preciso ter imenso talento, uma vontade férrea e uma auto-confiança homérica para olhar para o horrendo busto e sorrir como ele fez.

Sem comentários: