Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/09/2016

CASE STUDY: O país mais orientado para o futuro

Uma equipa de investigadores liderada por Suzy Moat, uma professora de ciência comportamental da Warwick Business School, peneirou 45 mil milhões de pesquisas no Google Trends em 2015 para calcular a proporção número de pesquisas de «2016» comparado com o de «2014» em 45 países como forma de medir o interesse relativo do futuro face ao passado nesses países.

Concluíram duas coisas, uma expectável a outra nem tanto:
  1. uma correlação significativa entre o PIB per capita e a orientação para o futuro; 
  2. o país mais orientado para (ou preocupado com) o futuro é a Alemanha, seguido da Suíça e da Áustria.

Sem comentários: