Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/09/2016

Carta de quem trabalha desde os 16 anos a quem tem o seu rabito pousado no Parlamento e quer tributar quem só dá um beijinho

Pousando «o seu rabito no Parlamento»
Notícias relacionadas:

«E é graças a eles TODOS que a Mariana, sem mérito algum, pousa o seu rabito no Parlamento. Porque não fossem eles, não haveria salário para nenhum de vós, que a bem dizer, é um desperdício. O país não precisa de parasitas que estudam meios para conseguir roubar mais a quem os sustenta. Precisa sim de gente como nós, mais ou menos “abastados” que produz, que investe, que cria postos de trabalho.
 (Carta de Cristina Miranda, antiga professora, de Viana do Castelo, publicada no Facebook e lida aqui)

«Mariana Mortágua quer investigar todas as pessoas que só dão 1 beijinho. Mariana Mortágua, a nova ministra das Finanças, está apostada em tributar mais impostos aos mais ricos em Portugal e apresentou um novo critério muito mais eficaz que a mera posse de património avultado.» (Piadas ao minuto)

Sem comentários: