Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

16/09/2013

Pro memoria (132) – O choque com a realidade do carro eléctrico de Sócrates

Segundo os planos socráticos, em 2020 deveria haver 180 mil carros eléctricos e 25 mil locais de carregamento. Deve acrescentar-se que devido ao previsível fracasso desses planos megalómanos, a Nissan cancelou o investimento de 150 milhões de euros numa fábrica de baterias, anunciado por Sócrates, e ainda recordar-se que cada posto standard custou 3 mil euros e os de carregamento rápido 30 mil. Ponto de situação segundo o Expresso:


[Para mais informação, ver a etiqueta carro eléctrico]

Sem comentários: