Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

28/09/2013

LA DONNA E UN ANIMALE STRAVAGANTE: Igualdade de direitos para os homens

Esqueçam a luta pela emancipação das mulheres, esqueçam o feminismo militante, esqueçam a queima dos sutiãs. Ou reservem-nas para o mundo islâmico. Pelo menos no mundo ocidental, as novas lutas serão as lutas pela libertação dos homens e a doutrina do século 21 será o machismo militante para combater o jugo do mulherio.


No more sitting down to pee
Exagero? Pensem outra vez. Nem sequer menciono a subjugação doméstica a que muitos homens ocidentais estão já hoje sujeitos, como, para só citar um exemplo, serem obrigados a urinar sentados para não salpicarem o chão. Se até recentemente eram só os cromos com problemas de próstata e dificuldades para manter a mira, cada vez mais a humilhação pelas dominatrices se estende aos mais novos.

Esqueçamos essas trivialidades que afligem os homens ignotos do Ocidente. Falemos dos poderosos, como Obama que, sem reparar nos micros por perto, confessou que não fumava há meia dúzia de anos «because I'm scared of my wife». Ou como Stephen Elop, ex-executivo da Microsoft até recentemente CEO da Nokia e depois da sua venda regressado à Microsoft, que pressionado pela Nokia para aceitar um bónus menor explicou que estava a divorciar-se e «can’t make her accept a reduction».

Machos de todo o mundo, uni-vos! Contra a exploração do homem pela mulher! Os homens não têm nada a perder senão as suas grilhetas! Que se lixe o matriarcado! O machismo unido jamais será vencido! A luta continua, a patroa para a rua!

Camarada assina já a petição «Não mais urinar sentado!»

1 comentário:

Anónimo disse...

D'accord! Andamos com medo daquelas que nem são as nossas mãezinhas?
Peut-être je vais commencer pour pisser dans la soupe.

Ce que c'ést nécessaire c'ést qu'elles apprènent à atteindre un bon orgasme de nous. Il n'y a que l'homme pour le faire. Toujours if faut apprendre des plus vieux.

J'ái appris les lessons de vieillars expérients et amis. Un bon pedigree s'obtient en restant en bas (pour ne pas se fatiguer) et faire que la femme s'éfforce pour obtenir ses joies. Il faut avoir de bons freins pour ne par ejaculer précocement.

Quem quiser mais lições que me pague.
eao