Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

14/09/2013

DEIXAR DE DAR GRAXA PARA MUDAR DE VIDA: «Presidente do Eurogrupo não quer discutir défice português»

«Não penso que seja um bom sinal manter a discussão aberta sobre se a meta (do défice) deve ser mais alta ou mais baixa, o mundo exterior deve perceber que Portugal e o governo português está empenhado em relação ao que tem que ser feito e ao que foi acordado e isso ajudará a sair do programa o mais depressa possível», disse Jeroen Dijsselbloem.

Alguém acredita que sem estes tutores a tomarem conta de nós, algum governo conseguiria equilibrar as finanças públicas deste país? O pior de tudo é, mesmo com estes tutores a tomarem conta de nós, não é garantido que algum governo consiga equilibrar as finanças públicas deste país.

Por falar em finanças públicas, alguém poderá ter a gentileza de me informar onde pára o guião também conhecido pelo nome de argumentário da reforma do Estado que o Dr. Paulo Portas está há 7 meses a preparar? Oferecem-se alvíssaras a quem souber o paradeiro dessa criação mitológica e nos informar por email.

1 comentário:

Anónimo disse...

Descobri onde se encontra o guião! Está a ser utilizado no WC do Palácio das Laranjeiras, parece que até é muito requisitado.