Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

16/03/2016

Bons exemplos (108) - Algum sol na eira e alguma chuva no nabal

A gestão das finanças públicas pelo chanceler Osborne é um bom exemplo de como se pode ter algum sol na eira e alguma chuva no nabal. Veja-se como, num período em que o resto da Europa andou a semear sacos de dinheiro de despesa pública em terras mal amanhadas, a Grã-Bretanha conseguiu reduzir a despesa pública de cinco pontos percentuais ao mesmo tempo que manteve praticamente constante a carga fiscal enquanto a economia vem crescendo desde 2009 sempre acima da média da UE.

Fonte: The Economist Espresso
Recomenda-se ao Professor Auxiliar Convidado Doutor em Economia (Harvard University, Cambridge) Mário Centeno um estágio com o Chancellor of the Exchequer George Osborne MP,  e sugere-se que imite Ulisses tapando os ouvidos com cera para não escutar as sereias da Mouse School of Economics.

Sem comentários: