Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

15/02/2013

Mitos (100) – Sindicalismo internacionalista

«As negociações entre a administração da Renault e quatro organizações sindicais franceses incluíram a transferência de parte da produção da fábrica portuguesa de Cacia para a frábrica francesa de Cléon.

As negociações da Renault foram mantidas com as maiores organizações sindicais francesas, designadamente a Confédération Française Démocratique du Travail (CFDT), a Confédération Générale du Travail (CGT), a Confédération Française de l'Encadrement - Confédération Générale des Cadres e a Force Ouvrière (FO)».

(Expresso)

Sem comentários: