Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

19/02/2012

TIROU-ME AS PALAVRAS DA BOCA: Sobraram os vilões

«Não há heróis nos últimos 25 anos da história política portuguesa. Só vilões. Um está hoje na presidência da República, outro no Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, outro na presidência da Comissão Europeia. Há um que não conta e um último que está escondido em Paris».

[João Vieira Pereira, no Expresso]

Eu diria mesmo mais, falta outro que está como Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações e sobra ainda outro que não se cala, atacado de esquerdismo senil.

Sem comentários: