Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

21/02/2012

AVALIAÇÃO CONTÍNUA: Reprovado por falta de memória (ou de vergonha)

Secção Insultos à inteligência

Comentando as estudadas inconfidências de Mário Soares, tentando mostrar-se o deus ex machina do PS, José Sócrates mandou dizer de Paris:
«Vemos hoje tudo o que perdemos por ter pedido ajuda externa: níveis de desemprego, de falências, ratings da República, dos bancos: quantos anos vamos demorar a regressar aos níveis de há um ano?»
Uma vez mais, a criatura surpreende por aquele pot-pourri (afinal o homem anda a estudar francês) de ignorância, atrevimento, irresponsabilidade e mistificação. Terá esquecido que a um ou dois meses de vista não haveria dinheiro para amortizar a dívida vincenda nem para pagar as despesas correntes?

Como ele parece não ter feito ainda as provas do mestrado, vou-lhe dar 2 afonsos pelo atrevimento, 5 pilatos pela ignorância e irresponsabilidade e 5 ignóbeis pela mistificação e 5 bourbons por continuar igual a si próprio.

Sem comentários: