Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

01/02/2012

Joe Berardo deixou de estar na moda… e passou a estar falido

Abandonado pelas testemunhas, descartado pela banca do regime (CGD, BES e BCP), pela tralha socrática que o usou no assalto ao BCP (ver este e este posts) e pelo governo de Passos Coelho, Berardo está falido e não tem dinheiro para pagar os mil milhões que lhe emprestaram em 2007, garantidos por acções do BCP valendo hoje um décimo do preço de há 5 anos. A banca do regime já considerou os calotes como fatalidades e provisionou-os como créditos irrecuperáveis.

A acrescentar às suas desgraças autoinfligidas, a sua Fundação está também sem cheta e Mega Ferreira, o presidente em fim de mandato do CCB, onde o Estado paga o estacionamento da colecção Berardo, descobriu agora que se soubesse o que sabe hoje não teria aceitado o convite.

Sem comentários: