Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

14/11/2016

DIÁRIO DE BORDO: Devo ficar preocupado?

Os escritos dos jornalistas de causas (quase todas as criaturas que escrevem nos jornais portugueses) prenunciam o Apocalipse que se seguirá à mudança de residência de Trump para a Casa Branca.

Devo estar preocupado, eu, que se fosse americano, não teria votado no homem? Não tenho a certeza, porque as competências preditivas desta gente são miseráveis. Não me refiro apenas às eleições americanas, mas quase tudo o que previram e, até onde a minha memória alcança, não acertaram uma. Por exemplo, não previram o resgate em 2011, previram o Apocalipse com o governo PSD-CDS, previram o sucesso do Syriza na Grécia, não previram a vitória eleitoral da coligação, andam a cantar loas às manobras de sobrevivência de Costa e hosanas aos sucessos da geringonça com o tsunami a caminho.

Sem comentários: