Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/11/2016

Bons exemplos (114) – Serviços públicos, prestação privada

Segundo um estudo da Católica Lisbon School of Business & Economics, a gestão privada dos hospitais de Braga e Cascais poupa aos contribuintes 20% dos custos, o equivalente a 200 milhões em quatro anos.

Não é surpreendente que empresas privadas sejam mais eficientes do que instituições públicas paquidérmicas e se o estudo for credível, como é de esperar, dado quem o fez, mostra que o Serviço Nacional de Saúde seria melhor gerido e ficaria mais barato aos contribuintes se a prestação dos cuidados de saúde fosse adjudicada a empresas privadas em concorrência.

Sem comentários: