Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/04/2015

Dúvidas (90) - A culpa é do homem branco?

O apartheid na África do Sul terminou há duas décadas depois de uma campanha internacional que se prolongou por outras tantas. Catorze anos depois em 2008 num surto de xenofobia foram mortos dezenas de imigrantes de países vizinhos. Esta semana, um novo surto nos subúrbios de Joanesburgo e no Natal causou mais mortes.

Estou à espera que os opinadores do politicamente correcto venham outra vez apontar o seu dedinho acusador ao homem branco.

1 comentário:

Luis disse...

Já na altura do apartheid havia violencia extrema entre tribos e destes contra os mulatos. Os Zulus e o Xhosa sempre se guerrearam. Esta violencia era bem mais sangrenta que a exercida pelo branco Afrikaander.