Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

01/04/2015

CONDIÇÃO MASCULINA: Para tirar os trapinhos qualquer causa é boa, mas há umas causas mais imbecis do que outras (17)

Outros trapinhos tirados.

Como se fosse necessário demonstrar que a imbecilidade não tem sexo, cinco marmanjos resolveram também tirar os trapinhos para promover o regresso de um programa de televisão. As militantes da Femen ao menos libertam os mamilos, como agora se passou a dizer, estes censuram os tintins.

Nestas ocasiões, lembro-me de Albert Einstein ter garantido que havia pelo menos duas coisas infinitas no universo: o próprio universo e a estupidez humana - embora, quanto à primeira, ele não estivesse seguro.

Esclarecimento: Este post não tem nada a ver com a efeméride.

Sem comentários: