Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

02/04/2013

Chávez & Chávez, Sucessores (3) – Poderia ser uma piada do dia das mentiras, mas não é

El Mundo
«Pajarito chiquitico, lo sentí ahí como dándonos una bendición, diciéndonos: 'hoy arranca la batalla. Vayan a la victoria. Tienen nuestra bendiciones". Así lo sentí yo desde mi alma»,disse Nicolás Maduro. A estupidez humana é grande e a estupidez da esquerdalhada é incomensurável.

Uma referência do leitor Neves, neste comentário.

1 comentário:

Anónimo disse...

Ainda continuo sentado no banquito de pau, esperando que o Auctor se defina. E os calos a botarem a cabeça de fora. Compreendo, e o Auctor logo o prantou, que a Ópera é Ciclópica. Mas acredito que o Auctor (aka O Pertinente) tenha mais olhos que barriga, e que os Ciclopes (que eram os antigos ciclistas). Daí que, para ele, ver um filme a 3 ou 33 dimensões seja canja. O difícil será explicar tal filme à glebe ignara, apesar desta se benzer diariamente e colher ensinamentos junto à prelatura e à nobreza. Cuide pois Vexa, o Auctor, pois poderá estar em vésperas de um enxerto (de encéfalo, de porrada, etc.)
Como diz a glebe — quem te avisa teu inimigo é.
Abraço (de gibóia) do eao