Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

02/09/2012

De boas intenções está o inferno cheio (11) – O mausoléu da Kaiserstrasse 29 vai ficar abarrotado

O Comissário Michel Barnier vai apresentar uma proposta em 12 de Setembro para o Banco Central Europeu supervisionar centralmente a partir de Frankfurt todos os cerca de 6 mil bancos da Zona Euro.

Poderia a CE aprender alguma coisa com um país com uma estrutura descentralizada de supervisão de mais de 8 mil bancos, apesar de ser há séculos uma zona monetária óptima. Poderia mas não o faz. Duvida-se que o BCE para supervisionar os seus 6 mil bancos em 17 países, que incluem desde a Grécia até à Finlândia, numa zona monetária a anos-luz [ver este post do (Im)pertinências] de se poder comparar com os EU, dê conta do recado, mesmo com a legião de técnicos e burocratas que vai contratar para abarrotar o mausoléu da Kaiserstrasse 29.

Federal Reserve System

Sem comentários: