Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

26/05/2012

Presunção de inocência ou presunção de culpa? (3)

Continuação de (1) e (2).

WEHAVEKAOSINTHEGARDEN
Perante declarações em tribunal de Alan Perkins, administrador da Freeport entre 2005 e 2006, de não ter qualquer dúvida que Charles Smith o informou que o Pinóquio a quem se destinavam os pagamentos ilegais era o ministro do Ambiente de então, o de cujus, agora a estudar filosofia em Paris, fez saber através do seu advogado (aquela espécie de Mefistófeles lusitano, de nome Proença de Carvalho) que vai accionar quem invocar o seu nome.

Sem comentários: