Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

01/05/2012

Ministra Cristas ultrapassou pela esquerda o líder socialista

"Discordo da nova taxa, do novo imposto sobre as grandes superfícies em Portugal, porque verdadeiramente, como todos os portugueses já perceberam, não vão ser as grandes superfícies a pagar esse novo imposto e essa taxa. Vão ser os consumidores ou os produtores. Quero ser muito claro. Se o Governo optar por uma proposta de lei a ser votada na Assembleia da República, o PS votará contra este novo imposto.»

Foram palavras de António José Seguro talvez contaminado por algum vírus liberal ou, mais provavelmente, fazendo o seu papel de querer substituir a falta de uma coluna vertebral programática por uma estudada firmeza socrática.

É também uma resposta à altura da mesma falta de coluna vertebral programática do CDS, em primeira linha, e do governo em segunda linha.

Sem comentários: