Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/05/2012

Lost in translation (144) – o governo tem que despedir funcionários públicos, queria o Conselho das Finanças Públicas dizer

O Conselho das Finanças Públicas concluiu no seu primeiro relatório que, em vez de fazer «cortes ou compressões horizontais», o governo deve «preferir a racionalização da função pública, eliminando burocracia e formando e realocando os trabalhadores em atividades mais produtivas».

Sabendo-se que a despesa pública corrente, em que os salários representam a maior fatia, tem que diminuir, esta conclusão só pode significar que o dito Conselho sugere que isso seja feito despedindo funcionários públicos. É difícil não concordar.

Sem comentários: