Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

23/05/2012

ARTIGO DEFUNTO: O verbo «arrasar» conjugado pelo jornalismo de causas

«OCDE arrasa metas de Vítor Gaspar» é o título de uma peça do jornalista Palma Ferreira, pela qual ficamos a saber que, onde o ministro das Finanças prevê défices de 4,5% e 3,0% do PIB este ano e no próximo, a OCDE prevê que o «disparo» desses défices para 4,6% e 3,5%, respectivamente, ou seja mais 0,1% e mais 0,5%.

Não me recordo do verbo usado pelo jornalista de causas em causa para descrever o «disparo» do défice Teixeira dos Santos de 2009 que começou por ser 2,2% e acabou em 10,0% (ver a série de posts «o défice de memória».

Sem comentários: