Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

18/05/2012

DIÁRIO DE BORDO: Copyright

Há uns tempos adicionei ao Glossário das Impertinências a entrada Opinion dealers, que defini como Opinion makers cujo modo de vida consiste em vender opiniões por conta de outrem.

Ocorreu-me entretanto que um termo parecido, mas infinitamente melhor definido, tinha sido adoptado por Friedrich Hayek no seu artigo «The Intellectuals and Socialism», para designar um intelectual: «professional secondhand dealers in ideas». Aqui ficam os créditos e a sugestão de leitura.

Sem comentários: