Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

01/12/2003

ESTÓRIA E MORAL: O homem das contas descontrói a desconstrução do filósofo.

Estória
Para compensar a sandice do filósofo, o doutor Medina Carreira, ex-ministro das Finanças, ditou para o saco de plástico que a esquerda está desactualizada e não tem política económica, como a obsessão pela subida da despesa pública demonstra ... Só fala em mais dinheiro. Morrem pessoas no verão com calor, dinheiro! Morrem pessoas no inverno com frio, dinheiro! Os estudantes não querem pagar, dinheiro! Uma economia atrasada e débil como a nossa não sustenta tanta despesa pública.
No próprio saco de plástico se encontra a demonstração da tese num simples gráfico onde se lê que nos últimos 20 anos a despesa pública com os salários da função pública, as pensões e os subsídios cresceu TRÊS VEZES mais do que a economia.

Moral
A grandeza da esquerda é querer salvar os medíocres. A sua fraqueza está em que os há de mais. (San Antonio)

Sem comentários: