Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

18/12/2003

DIÁRIO DE BORDO: A sociedade civil pel'O Meu Pêpê.

Tinha-me prometido outro dia começar a esboçar um Abrupto a la impertinente - O Meu Pêpê.
A preguiça e a necessidade de fazer pela vida, vão sempre adiando as boas intenções. Sem prejuízo delas, aqui vai uma referência (um retro-link?) a um post do Abrupto, provando que o homem quando resolve não pendurar quadros e suspende o derrame de erudição para a multidão de basbaques, produz peças políticas notáveis pela clareza radical.
O post Sociedade Civil, sobre as tretas que a esse título são paridas pelos emplastros e a esquerdalhada no país em que o estado da dependência é a dependência do estado, vai direitinha para o blogue imaginário O Meu Pêpê.

Sem comentários: