Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

14/06/2018

Pro memoria (379) - Recordando os antecedentes da cimeira Trump-Kim. Tal pai, tal filho?


Há 26 anos Kim Jong-il, o pai de Kim Jong-un, autorizou a Agência Internacional de Energia Atómica a inspeccionar as suas instalações nucleares em troca da suspensão pelos Estados Unidos dos exercícios militares conjuntos com a Coreia do Sul.

Dois anos mais tarde, Bill Clinton negociou com Kim Jong-il um acordo para interromper a construção das centrais nucleares da Coreia do Norte que se manteve nove anos, ou, melhor, um acordo que se descobriu em 2013 estar a ser violado com a compra de urânio pela Coreia do Norte.

Sem comentários: