Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/07/2015

De boas intenções está o inferno cheio (36) – A religião é a política por outros meios? (IX)

Terão sido os efeitos de mastigar folhas de coca que levaram o papa Francisco a aceitar como presente de Evo Morales, o presidente da Bolívia, «uma cruz formada por um martelo e uma foice» e a vituperar a «especulação financeira» e o «consumismo»? Oremos para que a cruz com o martelo e uma foice não inspire ao papa Francisco uma espécie de evangelismo vermelhusco para «garantir um futuro melhor para os nossos irmãos mais frágeis e para as minorias mais vulneráveis». Já se viu esse evangelismo em acção e hoje não há desculpas.
Ocupado com martelos, foices e o aquecimento global, o papa fica sem tempo para limpar as manchas de pedofilia que guarnecem várias igrejas e as manchas de corrupção nas finanças do Vaticano.
Clicar para ver o martelo e a foice em todo o seu esplendor
Repito a minha inquietante dúvida: até mesmo para um papa como Francisco a coisa é um bocadinho esotérica ou sou eu, agnóstico, que estou a ver mal?

Quem também já teve uma epifania e acredita que «Jesus aprovaria o casamento entre pessoas homossexuais» foi o antigo presidente Jimmy Carter.

Sem comentários: