Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

20/04/2014

Um dia como os outros na vida do estado sucial (17) – É uma questão de perspectiva

O Esquerda.net Expresso usou o título «Profissionais de Santa Cruz impedidos de defender o próprio hospital» para publicar a indignação do cabeça de casal dirigente do BE em nome (eles estão sempre a falar em nome de alguém) dos «médicos, enfermeiros, técnicos, auxiliares, administrativos e todos os outros funcionários do Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, (que) estiveram impedidos de utilizar a rede interna para acederem a uma petição na Internet em defesa da unidade hospitalar», ou seja impedidos de aceder através da internet do seu empregador a uma petição para contestar uma decisão do accionista de fechar no hospital a cirurgia cardiotorácica e a cardiologia pediátrica.

Sem surpresa, a presidente do hospital, em vez de dizer algo como os «funcionários são pagos para prestaram serviço aos utentes e não para navegarem na internet», deu a desculpa esfarrapadas de «um problema técnico com consequente bloqueio temporário do acesso».

Sem comentários: