Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

16/04/2014

O ruído do silêncio da gente honrada no PS é ensurdecedor (83) – Agora é oficial. Se ele o diz, podeis crer.

«O governo apresentou um acto de ilusionismo orçamental». Duvidais? Podeis crer. Quem assim o diz é uma das maiores autoridades em ilusionismo orçamental: o professor doutor Teixeira dos Santos. O mesmo professor doutor principal ajudante de José Sócrates no caminho para a insolvência, a quem, em particular, foi creditada a maior derrapagem orçamental a norte do paralelo 35º desde dona Maria II: o défice de 2009 que foi passando sucessivamente de 2,2% até chegar a 10,0%.

Sem comentários: