Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

01/04/2014

ACREDITE SE QUISER: Qualquer bardamerda fala com mais ciência de saídas limpas ou sujas do que um Nobel da Economia

Num país em que qualquer analfabeto mediático, opinion dealer ou jornalista de causas já emitiu dezenas de pareceres sobre as saídas para a Pátria Resgatada, o que dizer de um Lars Peter Hansen, Nobel da Economia do ano passado 2013, que à pergunta:

«Agora que o resgate está a terminar, qual é a melhor opção? Uma saída limpa, sem rede de segurança, ou uma saída apoiada pela União Europeia?» responde:

«Não sou um perito nesse tema, não sei o suficiente sobre o caso para dar uma opinião informada.»

O que dizer? Por exemplo, ó Lars Peter ó Hansen ó filho, não tens qualificações para comentador da RTP.

Sem comentários: