Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

29/04/2014

De boas intenções está o inferno cheio (21) – Está a chegar o momento (outra vez) em que o não alinhamento é um alinhamento do lado errado

Excerto de uma entrevista da Foreign Policy (FP) a Vitali Klitschko (VK), um antigo campeão de boxe e actual líder da oposição ucraniana:

«FP: Have the sanctions so far been sufficient or do they need to be increased?

VK: If Russia continues we have to go a new level of financial and political sanctions.

FP: How can NATO help in this crisis?

VK: It is now abundantly clear that our decision to become a non-aligned state was a mistake...

FP: ... So you think Ukraine should join NATO?

VK: Russia has taken the decision for us. It has driven us into NATO.

FP: Will it be possible for Ukraine to join NATO?

VK: I don't want to talk about that because it's like waving a red flag under Russia's nose.

FP: Is joining the EU still possible?

VK: I am very pro-European and as I said before Russians enjoy Europe very much. Whenever I speak to Russians about the Ukraine-EU issue, I always say: "We are doing everything we can to bring Europe closer to you! It will make it easier for you to enjoy your European luxuries!"»

1 comentário:

JSP disse...

Falando da mesma "coisa" em termos (só) aparentemente diferentes : e tudo começou no fatídico 8 Nov.2008...
E ainda sobre a mesma "coisa" ( Le Carré revisited ),a actual Chanceler é, nem mais nem menos, a filha mais nova do Pastor Luterano que deixou Hamburgo para exercer o seu munus algures nos arredores de Leipzig , por volta dos anos 50...
Exactamente a mesma geração, e quase a mesma idade, do Czar em exercício.
E a pequena Fraulein ( o teclado não tem umlaut) tinha prémios de excelência em língua Russa, dizem.
O que é que esta salada, literalmente russa, tem a ver com os acontecimentos na Ucrânia?
Não faço a memor ideia - a não ser que o ditado espanhol...