Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

04/01/2014

Pro memoria (155) - É possível enganar alguns para sempre. É possível enganar todos algum tempo. Não é possível enganar todos para sempre.

Fonte: Jornal SOL

Há muitos portugueses tontos, como se pode inferir do número dos disponíveis para ouvir os dois picaretas falantes, mas não são assim tão tontos.

2 comentários:

JSP disse...

Mas que tipo de papalvos perderia tempo a ouvir bicharelices?...

Anónimo disse...

ó Sógates, até o Mogais Sagmento te passou á fgente...
a proposito é para continuar a aturar disto que vamos pagar mais imposto televisivo?

neves