Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

03/01/2014

ACREDITE SE QUISER: Cientistas de causas do aquecimento global capturados pelo arrefecimento na Antártida

Ver aqui como cientistas turistas de causas que procuravam encontrar provas do aquecimento global na Antártida ficaram presos no gelo numa zona que há 100 anos não tinha gelo e tiveram que abortar a missão por causa de um «merengue gigante». (via Insurgente)

O «merengue gigante»
Esclarecimento:

Nunca defendi que não há aquecimento global. Talvez haja, embora esteja longe de estar demonstrado e, se houver, pode ter causas humanas ou não, porque desde há milhões de anos arrefecimentos globais alternam com aquecimentos globais.

O que defendo sem dúvida é que a ciência de causas, isto é o processo de construção de teorias em nome de doutrinas, sejam quais forem, não é ciência e, além disso, é um processo perigoso.

3 comentários:

Koimbra disse...

A Natureza é uma "gaja" muita sarcástica...
Quem financiou esta expedição (o contribuinte australiano) devia pedir o dinheiro de volta a estes "turistas", não?

Anónimo disse...

Há uns milhares de anos o arrefecimento global levou a que, por exemplo, a america do norte ficasse coberta de gelo até à florida. Com o aumento da água no estado sólido, os níveis médios dos mares desceram e passava-se a pé de frança para inglaterra e do norte de áfrica para a península ibérica.
Vejam só a ignorância global: é pior que o esquentamento global.
eao

Anónimo disse...

Muito poucas vezes estou de acordo com o que aqui encontro, mas, desta vez, dou-lhe (te) razão "por inteiro".