Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

27/07/2021

Como tentar cumprir o plano de vacinação, apesar de tudo? Resposta: um dia de cada vez (59) - Ó Sr. Almirante acabe lá com a treta da falta de vacinas


Continua a queda significativa desde o dia 7 de Julho do ritmo de vacinação. A média de 150 mil doses registada na primeira semana de Julho desceu para 77 mil na última semana. Não foi dada nenhuma explicação oficial, insinuando-se uma vez ou outra que o problema seria a falta de vacinas quando, na verdade, o último relatório disponível do dia 18-07 mostrava um stock superior a 900 mil doses. Outras vezes reconheceu-se que afinal não havia capacidade para vacinar mais pessoas.

Continua por cumprir o objectivo
No início da quarta semana de Julho a percentagem de totalmente vacinados é a seguinte (fonte ECDC):
96,2% dos +80
96,4% dos 70-79
87.3% dos 60-69 anos.

Foi adoptado mais um objectivo 

Dependendo do que seja quase toda e de qual seja a população elegível (continua a ser discutido) com apenas 4,6 milhões totalmente vacinados parece um objectivo algo irrealista.
ECDC

Continua a celebração patriótica dos feitos em matéria de vacinação, sem que se percebam as razões para celebrar já que, como se vê no quadro acima, mesmo na EEA , que não é um bom exemplo comparado com o Reino Unido e os EUA, Portugal está em 11.º com 58,4% da vacinação completa do que a ECDC considera a população elegível, o que confirma a dificuldade de atingir o último objectivo acrescentado à lista. 

2 comentários:

Anónimo disse...

Este impertinencias é um pobre solitário xuxalista zog,um saloio infiltrado da Mossad xuxa. Site pleno de trampa ressequida até ignorado pelas moscas. A falta de criatividade deste artista é caso de estudo...passa a vida a repetir a mesma treta estupida,e não desiste....fascinante!razão tinha o coiso zog xuxa Fonsão do 'totalitarismo Universalista' que num dia em que espremeu ao maximo aquele seu unico neuronio chamou este zog mossad xuxa de CROMO,foi o seu dia de glória! Parabens Fonsão,afinal mais vale um neuronio bem espremido do que dois por espremer como aqui!
Basilio xuxa das(voxês sabem!)

mnvs disse...

Ignorado pelas moscas mas não pela me.r.da, a julgar pelo post!