Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

05/11/2010

Bons exemplos (4)

Apesar do défice previsto para 2010 ser (apenas) 5,3%, o governo da República Checa parece estar mais para o lado de matar o touro antes da tourada, não seguindo o exemplo da Espanha que mata o touro durante a tourada e muito menos o de Portugal que mata o touro depois da tourada, isto para usar o exemplo tauromáquico da Economist comparando a lide orçamental de Zapatero com a de Sócrates. Na 3.ª feira o parlamento checo aprovou um conjunto de medidas de consolidação orçamental que inclui cortes em benefícios fiscais e ajudas sócias e a redução de 10% dos salários da função pública.

Outro bom exemplo é o dos governos inglês e francês que decidiram poupar recursos e dinheiro constituindo uma força militar conjunta de 5.000 homens (e mulheres, supõe-se) de cada país, partilhar porta-aviões adaptados para usarem aviões dos dois países e cooperar em vários outros domínios de segurança e armas nucleares. Aqui fica a ideia para o senhor engenheiro usar a sua alegada intimidade com o senhor Zapatero para combinar usar e pagar os submarinos em conjunto.

Esclarecimento em intenção de algum esquerdalho perdido que passe por aqui:
No (Im)pertinências não ficamos excitados com as dietas de emagrecimento. Ficámos excitados com a incompetência, incúria, desleixo e, nalguns casos, corrupção de alguns governos europeus, e em particular o de José Sócrates, que durante a última década engordaram o Estado, os burocratas, os aparelhistas e os empresários amigos comprometendo o futuro dos respectivos países.

Sem comentários: