Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

05/05/2017

BREQUINGUE NIUZ: Porto Pobre

Porto Rico, «unincorporated territory of the United States» cujos nacionais são cidadãos americanos desde 1917, desde 2015 tinha a sua dívida em incumprimento. Anunciou anteontem a sua bancarrota.

Afinal a quanto monta essa dívida? À volta de 100% do PNB (isto é a produção total por nacionais do território e não o PIB que é a produção total realizada no território) o que são peanuts quando comparados com os 130% do PIB and counting da dívida pública portuguesa.

O que vai o governo porto-riquenho fazer? Tomar medidas de austeridade que reduzirão o PNB em 10% até 2020.

Porque ninguém se lembrou ainda de chamar o Krugman ou pelo menos um tele-evangelista do BE ou um galamba do PS? Ignoro e acho lamentável.

1 comentário:

Anónimo disse...

Por ignorância (bastava ver a RTP) é que estão neste estado. Só tele-vangelistas e tele-aldrúbias os safariam em dois anos.
O estatuto de unincorporated só lhes é benéfico. Não seguem a sugestão continental de «vão apanhar café».