Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

16/08/2016

ACREDITE SE QUISER: O Pedro do ano passado não é o Soares deste ano. A Constança é a mesma

Há quem tenha citado as críticas de um Pedro Soares de um Bloco de Esquerda à «incompetência do Governo (que) não pode encontrar justificação na meteorologia» por ter deixado arder não sei quantos milhares de hectares de floresta.

Ora acontece que o Pedro Soares do Bloco de Esquerda que produziu tais críticas não é o mesmo Pedro Soares do Bloco de Esquerda a falar sobre os incêndios deste Verão que o outro atribuiu à incompetência do governo. O Pedro Soares do Bloco de Esquerda que falou sobre os incêndios e os atribuiu à incompetência do governo é o Pedro Soares do Bloco de Esquerda do ano passado. O Pedro Soares do Bloco de Esquerda deste ano não falou sobre os incêndios e não falou porque não havia nada para falar, pois se os incêndios foram devidos à meteorologia.

Em contrapartida, a Constança Urbano de Sousa, professora da UAL no Verão passado, é a mesma Constança Urbano de Sousa, ministra da Administração Interna este Verão, que, segundo o JN, «quer incendiários a pagar custos do combate». Pode começar pelo retardado, drogado e desempregado, suspeito do fogo posto no Funchal.

1 comentário:

Anónimo disse...

Sopeiras são sempre sopeiras tal com um centavo é um centavo