Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

08/01/2016

Encalhados numa ruga do contínuo espaço-tempo (56) – He’s hopeless (II)

Backward, comrades!
Ainda em consequência da ambiguidade do actual líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, o amigo recente de Costa, face ao terrorismo e às organizações terroristas, mais deputados tomaram posição contra essa ambiguidade e dois deles foram forçados a demitir-se do governo-sombra e um terceiro demitiu-se em directo na televisão (Observador).

É claro que nada disso poderia acontecer neste nosso Reino de Pacheco, onde os deputados são empregados do líder do partido a quem servem com muita humildade, algum zelo e pouca competência.

2 comentários:

Anónimo disse...

Ah grande Is_stalon... sorry stalin

Anónimo disse...

Ah gande is_stalon. Sorry Is_stalin