Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

24/01/2016

Declaração (im)pertinente de voto – escolhendo-se, só se pode escolher o que está à escolha (3)

Já fizemos no passado pelo menos duas declarações de voto (aqui e aqui). Desta vez, talvez haja uma segunda oportunidade, porque à primeira não vamos escolher.


À segunda, se for caso disso, escolheremos pelo critério habitual.


Impertinente ............................................ Pertinente

1 comentário:

Anónimo disse...

Uma decisão difícil de desenquadrilhar.
Mais ou menos com a desenquadratura do CIRCO.

Já me deu muito afazer estar às 07:50 horas na Escolinha de votar. Sem automóvel; em Aurocarros. Mas ainda deu tempo para ir â Missa.

Optei logo pelo mal menor.

Poupem-me a outra voltinha inté à Scolla.