Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

23/01/2015

Um dia como os outros na vida do estado sucial (21) – De chumbo em chumbo até à vitória final

Foi mais uma vez (a quarta) chumbada no parlamento «a adopção plena de crianças por casais do mesmo sexo». Os seus proponentes, encabeçados por Isabel Moreira, essa grande lutadora pelas causas fracturantes, estão inconsoláveis e certamente não desistirão de combater o que, segundo eles, é actualmente «um direito exclusivo de pais e mães solteiros e de casais heterossexuais».

Se olharmos para a coisa, isto é as crianças sem pais, como uma coisa, então, de facto, não parece haver razão para que os homossexuais não possam dispor dessa coisa como os heterossexuais. Seria assim como vedar aos homossexuais a compra de habitação própria.

1 comentário:

Observador disse...

Sucial???...