Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

15/06/2013

O chávismo chegou aos traseiros dos polícias espanhóis

Primeiro foi a revolução chávista que privou os traseiros dos venezuelanos do precioso papel higiénico. Agora foi o governo espanhol a fazer chegar a austeridade aos dos polícias que foram sofrendo a redução da dotação de papel higiénico de 1,2 milhões em 2011 para 500 mil em 2012. Apesar de ter aumentado para 960 mil rolos em 2013, a polícia continua a queixar-se do impacto da austeridade nos traseiros dos agentes da autoridade. E com razão porque, segundo os dados da UNODOC (313 polícias por 100 mil habitantes) e as minhas contas, resulta que cada um dos cerca de 150 mil polícias só tem direito a um rolo em cada 16 semanas. Depois queixem-se que a criminalidade aumenta.

Sem comentários: