Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

20/06/2013

Exemplos do costume (13) - A fábrica de presidenciáveis já começou a trabalhar

Depois de ter discursado no 10 de Junho do ano passado e ter debutado na Aula Magna num comício de uma espécie de Frente Popular promovida pelo Dr. Soares no princípio deste mês, Sampaio da Nóvoa, o ainda reitor da universidade de Lisboa, começou, sem surpresa, a ser soprado aos ouvidos do jornalismo de causas como uma espécie de sucessor de Fernando Nobre, isto é uma espécie de machina do deus Soares ou, se preferirem, uma espécie de cordeiro sacrificial desse deus. Por agora na reserva, não vá aparecer um Alegre, o próprio ou outro novo. Além disso, no caminho para o altar do sacrifício, Sampaio da Nóvoa ainda poderá alimentar ilusões aos órfãos de partido que pairam no limbo frentista e que circunstancialmente fazem de compagnons de route do Dr. Soares.

Sem comentários: